Postagem em destaque

Nosso site!

  Ja conhece nosso  Site ? www.uterodepano.com.br.  Corre espiar lá você fica sabendo de nossa história, do que nossos clientes acham d...

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

E hoje começa dezembro!!

Ulá la..

Como o tempo voa ein?


Lembro dos natais da minha vida...

De quando era pequena e meu pai ou meu avô se vestiam de papai noel, com uma bermuda vermelha e colocavam aquelas barbas de velho que da nas árvores.. uma botina preta de borracha e eu acreditava que era o bom velhinho...

Ficava brava pq sempre uns 3 minutos antes dele aparecer meu pai ou avô resolvia sair pra ir no banheiro ou ver algo na rua.. e eu implorava pra ele esperar quem estava fora..

Depois meu pai voltava e eu contava empolgadissima o que o papai noel havia feito..

Lembro de quando ganhei minha bicicleta embrulada embaixo da arvore, minha cozinha da baribie, meu armario da barbie, minha boneca de rosto de porcelana, bolas, vestidos, cachorros de brinquedo, meus jogos de tabuleiro, lembro dos carrinhos do meu irmão.. nossa como era tudo grandioso..

E das bolas de natal de vidro?? do algodão, da seiva que caia ...

Lembro do primeiro natal sem meu avô e agora as lágrimas aparecem ...

Lembro que meu pai havia rezado muitooo pedindo a cura dele e ele faleceu após lutar bravamente contra o cancer no fundo da cama por 4 anos.. morreu sorrindo em 14 de dezembro..

E natal?? bom.. meu pai havia brigado com Deus e decidiu que naquele ano não fariamos nada..

Eu e meu irmão fomos no mato.. pegamos um galho de goiaba e enfeitamos.. foi um natal triste, mas foi o primeiro que me senti gente grande, dai pra diante a arrumação da árvore foi por minha conta.. e eu tinha 13 anos.

Lembro do primeiro natal da Sophia.. como é rica a sensação de alegria que uma criança sente quando ve a magia que nós adultos podemos proporcionar a elas... e como não adorar essa coisa toda?

Até hoje, rezamos , cantamos e rimos.. sempre com muita vontade e alegria por estamos juntos..

Aprendi receitas que não podem faltar, aprendi que o abraço do natal é algo que é sentido pelo ano todo, que o presente do natal embaixo da arvore com o pó de pirlimpimpim é tãoooooo maravilhoso seja ele uma bola de plástico ou uma boneca cara..

Meu irmão virou ateu, meu pai refez a amizade com Deus, e eu .. bom.. eu amooooo o natal

Se papai noel existe? lógico que sim..Ele é o gosto do chester, o cheiro do bolo de wiski, a risada na musica noite feliz, a voz da minha avó puxando reza, a lagrima nos olhos do meu pai que só vejo nesse dia, o grito de alegria da minha filha abrindo os pacotes..É falar feliz natal pra quem nem se conhece...



Ano passado fomos ver o desfile de natal.. eu sophia, minha mãe isadora e tia paula.. quando veio o papai noel da foto Sophia me falou: Mãe... eu acho que esse é o papai noel de verdade... e eu disse eu tb acho filha, ela me disse que estava emocionada pq nunca tinha visto, eu disse que também nunca tinha e que ela podia fazer um pedido com toda a força do coração que ele ia ouvir...Ela fechou os olhos..

Quando chegamos em casa ela disse: mãe posso falar pra ti o que eu pedi né? pq pra mãe podemos falar tudo.. Nisso minha mãe falou: eu pedi aquele carro da promoçao...eu disse claro filha, ela respondeu: pedi que o natal seja muito bom, e o ano novo melhor ainda..

E ai... uma criança de 6 anos, pedindo isso? Podendo pedir brinquedos caros? é...tem gente que não acredita em papai noel..

Natal é ter o que recordar...

Isso se chama felicidade, então papai noel.. venha com tudo!!!